quinta-feira , 13 dezembro 2018
Home » Estado » Ação conjunta das Polícias Civis do RS e PR desarticula grupo criminoso suspeito de roubo de veículos

Ação conjunta das Polícias Civis do RS e PR desarticula grupo criminoso suspeito de roubo de veículos




Ação conjunta prende três pessoas e apreende quatro veículos roubados

Nesta segunda-feira (26), em trabalho conjunto da Polícia Civil do RS, por meio da Delegacia de Polícia de Repressão ao Roubo de Veículos do Deic, e da Polícia Civil do PR, pela Delegacia de Polícia de Guaíra, foi desarticulada, nesse município, associação criminosa armada suspeita de roubo de veículos para levá-los ao Paraguai.

Na ação conjunta, agentes flagraram três criminosos na posse de quatro veículos subtraídos em roubo, três na capital gaúcha e um em Viamão, todos na última semana. Um dos presos foi reconhecido como autor de dois dos roubos.

Segundo o delegado Adriano Nonnenmacher, a rota criminosa para Guaíra, já conhecida pelas inteligências policiais, volta à tona nessa investigação, demonstrando que criminosos gaúchos a utilizam para negociar esses carros roubados no Paraguai ou mesmo para serem meio de introduzir drogas, cigarros ou armas no Brasil.

Presos

Foram presas três pessoas. Um homem de 27 anos, com antecedentes por tráfico de drogas e receptação, outro de 26 anos, com antecedentes por roubo, e um terceiro de 22 anos, com antecedente por receptação, assim como foram recuperados os carros quatro veículos: COBALT, SPORTAGE, KA SEDAN e ONIX, todos roubados nesta última semana. Um destes presos foi reconhecido como autor dos roubos do ONIX e do COBALT.

Segundo os delegados gaúchos Adriano Nonnenmacher e Marco Guns, a integração com a policia paranaense foi primordial para a desarticulação desse importante e perigoso grupo criminoso, que realiza dinâmica audaciosa para negociar os veículos que roubam no RS.  Guns salienta, que a especializada, assim, atinge 421 presos e 420 veículos recuperados/retidos em dois anos de atuação.

Fonte: Polícia Civil



Mais notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *